user image

that is the way leaves fall around a tree in autumn, a tree unaware of the rain running down its sides, of the sun or the frost, and of life gradually retreating inward. the three does not die. it waits.

natalia follows:
  • não consigo me expressar bem — afirmou naoko. — e tem sido sempre assim nos últimos tempos. tento dizer alguma coisa, mas só me ocorrem as palavras erradas. palavras erradas ou opostas ao que quero dizer. e quando eu tento corrigir o que disse, cometo erros, as coisas ficam mais confusas, e acabo então sem saber mais o que pretendia dizer no início. sinto como se meu corpo se repartisse em dois, com as duas metades brincando de pega-pega. bem no meio existe um poste bem grosso, ao redor do qual elas não param de dar voltas se perseguindo. nunca consigo alcançar a outra metade de mim que sempre tem a palavra certa.
  • às vezes eu me sinto transformado no zelador de um museu. um museu sem visitantes e totalmente vazio, do qual eu cuido exclusivamente para mim.
  • — por quê? — perguntou ela olhando fixamente para o chão a seus pés. — não é novidade para mim que se eu relaxar o corpo todo eu me tornarei mais leve. de que adianta me falar isso? pois ouça bem o que lhe digo: se eu relaxar agora, eu me despedaço. é assim que sempre vivi e que deverei continuar a viver. se eu relaxar por um segundo, nunca mais conseguirei voltar à condição original. eu me despedaçaria, e os fragmentos acabariam sendo soprados para algum lugar. é tão difícil para você compreender isso? se nem isso você consegue entender, como pode então falar em cuidar de mim?
nov 16 2019 ∞
nov 23 2019 +