• [...] havia sobretudo a esperança de afirmação nacional perante o resto do mundo, havia a necessidade de auto-confiança que concebesse desenvolvimento e poder, havia sobretudo uma chance rara de que o eterno “país do futuro” viesse a suprimir a imagem caricata, made in Hollywood, representada por Carmen Miranda e Zé Carioca, que lhe fora atribuída pela “política da boa-vizinhança” do governo Roosevelt.
  • ficou a angústia de sentir que a nação tinha morrido no gramado do Maracanã, e também uma desesperança quanto à efetivação de qualquer projeto coletivo. Parecia uma facticidade, contra a qual nada há a fazer – a versão tropical no niilismo nórdico, segundo a qual a vida é uma sucessão de obstáculos até chegar a morte, a derrota final. A idéia da Copa de 50 passou a ser, num campo objetivo...
jan 8 2021 ∞
feb 24 2021 +
  • Havia uma senhora de olhos azuis e rosto maravilhosamente enrugado, de aproximadamente setenta anos, usando uma babushka 25 e um casaco largo. [...] Quando ela se virou para se sentar, vi que carregava na blusa sob o desalinhado cardigã pelo menos três tipos de condecorações militares, decoradas com honrarias. Medalhas dos Heróis da República, eu viria a saber depois. Recebidas pelo trabalho duro. Isto foi algo que notei em todo lugar: as pessoas muito idosas na Rússia têm uma característica peculiar que desejo aprender e nunca perder, uma resiliência sem afetações, uma firme e reconfortante consciência do lugar que ocupam no mundo.
  • Nunca saberei o nome da jovem muito gentil que abriu sua casa para mim, mas jamais a esquecerei [...] Eu falei em inglês e ela falou em russo, mas senti profundamente que nosso coração falava a mesma lí...
jan 25 2021 ∞
feb 25 2021 +
  • Flush, como sua história comprova, tinha uma afeição até mesmo excessiva pelas emoções humanas. A visão de sua querida dona finalmente respirando ar fresco, permitindo que o vento despenteasse seus cabelos brancos e colocasse um pouco de cor em sua face, enquanto as rugas de seu imenso cenho se suavizavam, excitavam-no a ponto de sair saltitando violentamente, em parte por alegria, em parte por solidariedade ao prazer dela.
  • Mesmo em um homem, tal conduta, no ano de 1842, teria exigido certa justificativa da parte do biógrafo; se fosse uma mulher, não haveria justificativa cabível; o nome dela simplesmente teria de ser riscado da página em desonra. Mas o código moral dos cães, por bem ou por mal, é certamente diferente do nosso, e não há nada nessa conduta específica de Flush que exija disfarces ou que invalide sua po...
jul 30 2020 ∞
feb 25 2021 +
  • No clube da luta ninguém é o mesmo da vida real. Você pode dizer ao garoto da copiadora que ele fez uma boa luta, mas não vai estar falando com a mesma pessoa. No clube da luta não sou a mesma pessoa que meu patrão conhece. Depois de uma noite no clube da luta, o mundo real não é mais o mesmo. Nada vai deixá-lo puto. Sua palavra é lei, e mesmo que alguém vá contra a lei ou provoque você, nem isso o deixa puto.
  • Meu pai nunca fez faculdade, por isso achei importante fazer uma. Quando terminei a faculdade, liguei para ele e perguntei e agora? Ele não soube dizer. Quando fiz 25 anos e arrumei um emprego, liguei de novo e perguntei e agora? Ele me disse case-se. Sou um cara de trinta anos, e me pergunto se realmente preciso de outra mulher.
  • Os olhos de Walter da Microsoft encontram...
feb 28 2021 ∞
feb 28 2021 +
  • Virginia Woolf quer ser amada pelo que escreve, e não por essa imagem errônea que já lhe emprestam e na qual não se reconhece. Em 1922, anota a contragosto em seu Diário: O único interesse que as pessoas têm por mim como escritora vem, estou começando a me dar conta, de minha personalidade estranha.
  • A vantagem de uma primeira experiência dolorosa está no aprendizado que dela retiramos. Longe de ficar traumatizada com essa travessia movimentada, Virginia tem uma só vontade: recomeçar. “Penso muito em meu futuro e no tipo de livro que vou escrever – na maneira como vou dar forma ao romance, capturar inúmeras coisas que, por enquanto, ainda me escapam, aprisionar tudo e modelar infinitamente formas estranhas”, confia a seu cunhado. Virginia enxerga longe. Mas, por enquanto, trata-se, antes de qualquer coisa, de con...
jan 7 2021 ∞
feb 25 2021 +