Janeiro:

  • O Livro das Semelhanças (Ana Martins Marques)
  • Elegias de Duíno (Rainer Maria Rilke)
  • Solução de dois Estados (Michel Laub)
  • Colecionador de Pedras (Sérgio Vaz)
  • Racismo e fascismo & O corpo escravizado e o corpo negro (Toni Morrison)
  • Júbilo, memória, noviciado da paixão (Hilda Hilst)
  • O Continente vol. I (Érico Veríssimo)
  • Viagem ao redor do meu quarto (Xavier de Maistre)
  • Temporada de Furacões (Fernanda Melchor)
  • Garota, mulher, outras (Bernardine Evaristo)
  • Confissões de Uma Máscara (Yukio Mishima)
  • O ano do pensamento mágico (Joan Didion)

Fevereiro:

  • Blue Nights (Joan Didion)
  • Poesia Completa (Cacaso)
  • Antologia Poética (Augusto dos Anjos)
  • Chamadas Telefônicas (Roberto Bolaño)
  • Léxico Familiar (Natalia Ginzburg)
  • Querida Konbini (Sayaka Murata)
  • Vasto Mar de Sargaços (Jean Rhys)
  • O Continente vol. II (Érico Veríssimo)

Março:

  • Meu anjo da guarda tem medo do escuro (Charles Simic)
  • A Sombra do Vento (Carlos Ruiz Zafón)
  • Um feminismo decolonial (Françoise Vergès)
  • Rinha de galos (María Fernanda Ampuero)
  • Viver (Yu Hua)

Abril:

  • Pedro Páramo (Juan Rulfo)
  • Poemas - Edição bilíngue: português/inglês (Sylvia Plath)
  • Johnny Cash: Uma Biografia (Reinhard Kleist)
  • Luanda, Lisboa, Paraíso (Djaimilia Pereira de Almeida)
  • Pais e Filhos (Ivan Turguêniev)
  • O avesso da pele (Jeferson Tenório)
  • Deus Não é Grande: Como A Religião Envenena Tudo (Christopher Hitchens)
  • Tentativa De Esgotamento De Um Local Parisiense (Georges Perec)

Maio:

  • A festa do Bode (Mario Vargas Llosa)
  • Antologia Poética (Anna Akhmátova)
  • O Jardim das Cerejeiras seguido de Tio Van (Anton Tchékhov)
  • A Falência (Julia Lopes de Almeida)
  • O País da Canela (William Ospina)
  • Atos Humanos (Han Kang)

Junho:

  • Esboço (Rachel Cusk)
  • A Extraordinária Viagem do Faquir Que Ficou Preso Em Um Armário Ikea (Romain Puértolas)
  • Correio Noturno (Hoda Barakat)
  • (R)evolução (Lu Ain-Zaila)
  • Space Invaders (Nona Fernández)
  • Notas sobre o luto (Chimamanda Ngozi Adichie)
  • Blonde Vol. I (Joyce Carol Oates)

Julho:

  • Para o meu coração num domingo (Wislawa Szymborska)
  • O Hobbit (J. R. R. Tolkien)
  • Noites brancas (Fiódor Dostoiévski)
  • Altazor (Vicente Huidobro)
  • O Parque das Irmãs Magníficas (Camila Sosa Villada)
  • Demian (Hermann Hesse)
  • As aventuras da China Iron (Gabriela Cabezón Cámara)
  • Diante da dor dos outros (Susan Sontag)

Agosto:

  • Duna (Frank Hebert)
  • Os Testamentos (Margareth Atwood)
  • A alma perdida (Olga Tokarczuk)
  • Meu ano de descanso e relaxamento (Ottessa Moshfegh)
  • Canto eu e a montanha dança (Irene Solà)

Setembro:

  • A idiota (Elif Batuman)
  • Transfeminismo - Feminismos Plurais (Letícia Nascimento)
  • Anarquistas, graças a Deus (Zélia Gattai)
  • O misterioso caso de Styles (Agatha Christie)
  • A literatura nazista na América (Roberto Bolaño)

Outubro:

  • Blonde Vol. II (Joyce Carol Oates)
  • A Morte de Ivan Ilitch (Lev Tolstói)
  • Drácula (Bram Stoker)
  • Os urubus sem penas (Julio Ramón Ribeyro)
  • O homem da forca (Shirley Jackson)

Novembro:

  • Correntes (Olga Tokarczuk)
  • Cissa e a diversidade (Veronika Topic Eleutério)
  • A mão esquerda da escuridão (Ursula K. Le Guin)
  • Suíte Tóquio (Giovana Madalosso)
  • Meninas (Liudmila Ulítskaia)
dec 14 2020 ∞
nov 30 2021 +