user image

poemas, reflexões e pensamentos dispersos.

bookmarks:
list icon

Chegará o momento em que, com júbilo, vocês se cumprimentarão chegando à sua própria porta, em seu próprio espelho e cada um sorrirá para as boas-vindas do outro, e dirá, sente-se aqui. Coma. Você vai amar novamente o estranho que era você mesmo. Dar vinho, dar pão. Devolva seu coração a si mesmo, ao estranho que o amou toda a sua vida, que você ignorou por outro, que o conhece de cor. Tire as cartas de amor da estante, as fotografias, os bilhetes desesperados, descasque sua própria imagem do espelho.

may 30 2022 ∞
jun 10 2022 +