• minha primeira lembrança boa do ano: aquela vez logo depois do ano novo que eu saí com a josi e com a jai. tomamos chuva e eu revelei um rolo de filme
  • quando eu cortei o cabelo curto curto pela primeira vez; desde então, não deixo ele crescer por muito tempo, ter cabelo curto é bacana
  • todas as vezes que eu fui na feirinha. com a minha mãe, com as meninas, pra ir em shows, pra tomar caldo de cana e comer pastel, é sempre ótimo
  • quando eu falei com o lucio pela primeira vez e descobri que pegávamos o mesmo ônibus
  • as aulas do professor marcelo, ele tem uma alegria contagiante e um coração bom. andamos de cadeira de rodas, construímos andadores para idosos, foi bacana
  • as aulas do edgar, sempre tão imprevisíveis. às vezes ele discutia com alguém, às vezes colocava a turma "de castigo" e tivemos até que pedir desculpas, mas tinha vezes em as aulas eram só as piadinhas de sempre mesmo
  • quando eu e a josi saíamos correndo pelo terminal. e quando ficamos conversando nos banquinhos de lá, fazendo planos para a vida
  • aquele dia tão bonito que mudou tantas coisas, quando eu e a josi chegamos na biblioteca e conhecemos as pessoas mais legais de todas: marcel, mariana, olaf. e como aconteceram tantas coisas incríveis desde então
  • o show da banda mais bonita, como tudo parecia tão feliz e conhecemos mais pessoas ótimas, como o mensch, o troy e o otávio. e os garibaldis e sacis fazendo aquela bagunça no pátio do canal da música que me deixou encantada
  • quando eu fui na galeria lúdica pela primeira vez, e meio que tudo que eu achava interessante estava lá
  • o show do arthur mensch e do leo fressato na bpp e como aquele dia também estava lindo e nós ficamos sorrindo à toa
  • nesse dia do show também conhecemos o israel reis, ou o cara que faz versos e pede bombom para as pessoas na frente da biblioteca
  • como eu nunca consigo deixar de conversar com os hare krishna que me param na rua, e os livrinhos que comprei deles
  • a vez em que eu, a josi e a fabi fomos na boca maldita ver uma peça de teatro com o marcel, mari e olaf. e como dançamos em uma roda depois que acabou
  • o primeiro show do trombone de frutas que eu fui na vida. no tuc. a mariana do baltazar e a outra mariana dançando que nem loucas enquanto tocava pão com margarina, e o baltazar, mais louco ainda. ganhei um abacaxi e foi um dos melhores dias
  • passei a comprar roupas em brechós, tenho até os brechós favoritos agora
  • quando eu fazia umas caminhadas pelo centro, antes ou depois das aulas: paço, largo da ordem, as ruas do são francisco
  • todas as vezes que eu acendia incensos de manhã, ficava ouvindo música e me sentia muito bem. os incensos favoritos: lótus, canela massala e blue
  • o primeiro e maior protesto que eu já fui. era lindo ver todo mundo gritando frases de ordem e segurando cartazes
  • todos os dias tão frios, congelantes, ou quando eu ia na feirinha da pç. osório só pra tomar quentão e ficar observando as pessoas na XV
  • o por do sol do dia que nevou em curitiba, e eu perdi. mas o por do sol eu vi, e foi um dos mais bonitos da vida
  • as vezes que eu passava na XV pra conversar com o leandro, ou carioca, ou o artesão de rua mais alto astral que eu já conheci, que tem uma alma de hippie e usa óculos de john lennon
  • todas as vezes que eu e a josi quase ficávamos loucas porque nunca encontrávamos a música que supostamente seria da cocorosie. ela tinha uma data limite até 23/10 para encontrar, mas: problema resolvido
  • os pores do sol do ecoville, que são os mais bonitos. e as árvores de lá também, que no outono ficam com muita cara de outono e ficam com as folhas todas marrons
  • todas as bandas diferentes que eu passei a ouvir, desde Doors e Pink Floyd, a XX e Daughter
  • as conversas muito engraçadas que eu tinha com a josi pelo tumblr, não era fácil pra quem lesse saber o que era real e o que era alucinação nossa
  • todas as vezes que fui com as meninas nos cafés e confeitarias por aí, e olha que não foram poucas vezes. no cantata, no brooklyn, na confeitaria das famílias, no lugar que vende pastel na frente da bpp, sempre ótimo
  • quando eu, josi e paula fizemos uma caricatura na XV e sobre como aquele dia estava muito frio e como o cara que nos desenhou parecia um russo
  • comprei um livro de fotografia, fiz uma oficina de fotografia, me apaixonei mais ainda por isso que só me deixa feliz
  • os rolês fotográficos que eu fiz com a josi, onde tínhamos ideias ótimas de fotografar tudo o que aparecia. e a história de que eu serei a fotógrafa e ela a diretora de fotografia, e assim vamos "ganhar o mundo"
  • no dia do primeiro rolê fotográfico, onde conhecemos o mariano e a lia. vimos eles várias vezes por aí desde então. e a história de que iremos encontrá-los quando formos mochileiras pela argentina
  • quando eu e o lucio pegávamos o mesmo ônibus e depois que descíamos ficávamos conversando no ponto de ônibus, e eu descobri como ele é uma pessoa massa
  • quando fiz um trabalho de uma matéria técnica e fiquei mais amiga da diana (dai). naquele dia ficamos sentadas na frente de um mercado em sjp comendo doritos, e corremos à noite por um parquinho
  • quando era aniversário da minha mãe e eu levei ela no brooklyn pra comer brownie com sorvete, e ela adorou
  • todos os shows do trombone de frutas que eu fui, porque citá-los um por um daria muito trabalho, já que todos foram ótimos, sensacionais, os melhores. pouco a pouco viramos rostos conhecidos, agora eles nos dão oi e já sabemos quase todas as letras
  • quando eu e a milena seguimos o rimon. meu deus, que louco que foi aquele dia. naquele dia falamos com todos eles, parece até que nos esperaram na hora de ir embora
  • como eu fiquei mais amiga de algumas pessoas, principalmente da isa, yslena e diana, e ainda mais amiga da fabi. era bacana quando saíamos, pra comer pastel ou pra comemorar aniversário
  • todas as vezes que eu ficava com a josi nas escadas da biblioteca, apenas conversando, por horas. comendo bombom de morango, vendo o guia do mês, falando da vida, sempre bacana
  • fui pra ilha do mel em um feriado e foi ótimo, tinha aquele cara louquíssimo do barco
  • meu aniversário, e o melhor texto de todos, feito pela josi. foi um dia lindo, acho que o melhor aniversário que eu tive até então
  • quando eu e a josi conversamos com a lilian no bondinho e ela foi tão legal e parecia uma velha amiga, ou quando eu fui em dois shows do simonamí: um no paço, outro no memorial
  • as coisas loucas que acontecem comigo e com a josi quando estávamos na tiradentes: fomos perseguidas por um maluco, quase apanhamos de um mendigo, etc
  • os poemas do thor
  • álcool
  • a festa saravá e como aquele dia foi um dos melhores também. como o olaf e o baltazar pareciam amigáveis e como o primeiro dia do verão estava sendo perfeito
  • li 50 livros no ano, não sei se vou conseguir ultrapassar essa marca ano que vem, porque até que é bastante
  • a retrospectiva que eu fiz com a josi e o fato de que: não sei se é possível, porque ano passado já éramos muito amigas, mas sinto que nesse ano nossa amizade está melhor ainda, e isso é ótimo.

ano bonito.

dec 31 2013 ∞
jan 1 2014 +