Diminua o uso destas palavras:

    • Realmente
    • Definitivamente
    • Certamente
    • Aliás
    • Também (VOCÊ SABE QUAL O USO CERTO DISSO, DOGE?)
    • Essa/Esse/Este/Isto
    • Mesmo
    • Relutante
    • Resignado
    • Bastante
    • Meio
    • Mais ou menos
    • De certo modo
    • De qualquer forma
    • Céus
    • Though (quero nem saber se é em português ou inglês, pare de usar essa palavra o tempo inteiro)
    • Oh, blablabla (geralmente usado no começo das frases, pra ajudar no impacto de uma descrição de sentimentos)

Ao invés dessas palavras, por que não usar coisas que a deixariam mais assertiva? Troque palavras que dão leve ênfase a algo (mesmo, meio, bastante, mais ou menos, etc) por uma palavra que mostre o real significado do que deseja. por exemplo, troque "Ele estava muito molhado", por: "Ele estava encharcado".

Falando nisso, pare de criar frases ambíguas e vagas. Pare de ser vaga em qualquer situação, na verdade. Não há necessidade de descrições em excesso, entretanto uma frase direta é mil vezes melhor do que algo que pode confundir seus leitores (e a si mesma).

Quanto ao resto...

    • Pare de negligenciar a revisão e reescrita.
    • Pare de negligenciar pesquisa.
    • Pare de negligenciar os conhecimentos de português.
    • Pare de exagerar na voz passiva.
    • Pare de negligenciar as leituras.
    • E pare de somente ler, criatura. Você nunca vai aprender a escrever melhor se não botar seus conhecimentos em prática, e no fim todas as suas leituras irão pro beleléu, pois você não absorveu nada relevante delas.
    • Pare de negligenciar seus conhecimentos gerais e VAI ESTUDAR.
    • Pare de negligenciar as fichas de personagem e as anotações do que você planeja. Você tem uma boa memória, mas mesmo ela está sujeita a falhas. Lembre-se que você certamente não vai querer perder coisas maravilhosas simplesmente porque não as anotou.
    • Pare de vagar em mil coisas inúteis na narração. Analise se aquilo é realmente necessário antes de deixar lá. Seja direta e saiba apresentar as ideias que precisam ser apresentadas com clareza.
    • MAS continue escrevendo sem se importar com revisão primeiro. Foda-se o perfeccionismo na primeira versão do capítulo/texto/qualquer merda.
    • VÊ SE PARA DE APRESENTAR UMA IDEIA PRO LEITOR, FAZÊ-LO ACREDITAR VEEMENTEMENTE NELA E DEPOIS TASCAR UM "MAS" ALI DO NADA, SUA MALUCA. Isso não vai ajudar em nada a fazer um ponto, apenas fará com que a narração pareça confusa e o personagem bipolar. Se for pra fazer isso, tenha certeza de diminuir a frequência e ver bem quando o fará.
    • Comece a ler suas próprias coisas em voz alta, nem que isso signifique ficar incrivelmente desconfortável com sua própria voz dizendo coisas que você escreveu e gostaria de manter aprisionadas no papel. Acostume-se com sua voz se necessário. Você vai agradecer quando contemplar a flueza da leitura.
    • Comece a anotar todas as suas ideias, não importando o quão bobas pareçam ser.
    • Comece outro diário. E faça-o ser um diário, não um caderno pra contar os dias ruins e o estresse que está passando porque sua vida é uma merda e cheia de ansiedade. Conte sobre como foi seu dia, narre alguma coisa interessante e tente usar palavras novas, contar do processo de escrita ou qualquer coisa assim.
    • E tente escrever nele frequentemente. Não precisa ser todo dia (é o ideal), mas não pare de atualizá-lo.
    • Não fique somente na sua zona de conforto. Tente outros gêneros e histórias com outros tipos de narração, como a 1° ao invés da 3°.
    • Escreva todos os dias.
    • Comece a fazer uma pequena análise dos livros que leu e terminou em seu diário ou em algum lugar separado, frisando os pontos que gostou e os que não gostou. Cite trechos, comente porque as partes odiadas não deram certo e de que maneira (se houver alguma) poderia dar, que você verá o quão bem isso vai te fazer.
    • Leia mais clássicos.
dec 31 2016 ∞
dec 31 2018 +
user picture Han: NICE vai pra listinha jan 1 2017
user picture Han: or is it too personal hmm
user picture Lawlie: UIASHDUISA é um pouco personal, mas vc pode adaptar pra vc c:
user picture Lawlie: TIPO, ali em cima na lista de palavras pra parar de usar mesmo, eu peguei as que eu uso bastante e acabam deixando a narrativa parca por excesso, ou jogando na cara que é coisa minha que está sendo escrita. Daí, se você acha que tem uma palavrinha ou algo que costuma fazer muito e gostaria diminuir, there you go q jan 4 2017