• Se o trabalho voltasse muitas vezes com alteração do cliente ou até mesmo por falta de entendimento inicial do briefing, perguntaria ao responsável pelo projeto se ele gostaria de continuar trabalhando nele;
  • Faria gestão à vista - todo mundo sabe de tudo;
  • Sempre teria café da tarde;
  • Todos os projetos internos entrariam na pauta — não deve ser esperado do funcionário que ele trabalhe no seu tempo extra para solucionar um problema do estúdio;
  • Teríamos um "side hustle"- alguma proposta criativa que animasse todos os criativos e entrasse na pauta como qualquer outro projeto (o famoso projeto pessoal, só que no caso, do estúdio);
  • Não permitiria que o funcionário tivesse uma falsa de sensação de autonomia para ser persuadido a ser mais produtivo — todo mundo sabe até onde vai sua autonomia no projeto e no estúdio;
dec 11 2019 ∞
mar 25 2020 +
user picture Vivs: me contrata pra trabalhar nesse lugar aí dec 12 2019